Viagem

Baía dos golfinhos

Entenda porque ela foi eleita a quinta praia mais bonita do Brasil

Já reparou que a maioria dos lugares batizados como praia dos golfinhos normalmente não tem, bem, golfinhos? Não é o caso da Baía dos Golfinhos, em Pipa, no Rio Grande do Norte. Ali os golfinhos rotadores se comportam como donos do pedaço e marcam presença diária, sem se importar com a presença dos humanos. Uma das razões para que se sintam tão à vontade é o fato do local ser um santuário: não se pode construir pousadas, casas ou bares e o acesso só é permitido a pé.

Considerada em votação entre internautas a quinta praia mais bonita do Brasil, a Baía dos Golfinhos na verdade não é uma baía, mas é chamada assim devido ao seu formato em ferradura. Para dizer a verdade o seu nome oficial também não é Baía dos Golfinhos, mas Praia da Ferradura. Porém, nem mesmo os locais se referem a ela pelo nome de batismo. É Baía dos Golfinhos e pronto.

Para chegar até ela pega-se uma trilha entre as pedras a partir do canto esquerdo da Praia do Centro, na Vila da Pipa. São cerca de 20 minutos de caminhada, que é feita durante a maré baixa. Uma vez lá, você vai encontrar águas calmas resguardadas por falésias e protegidas por aglomerados de pedras dos dois lados. A praia de 800 metros tem alguns trechos com grandes extensões de areia – é ali que anualmente rola um campeonato de futebol. Se sobrar um tempinho, não deixe de visitar o santuário ecológico no alto da falésia, bem em frente à praia. O acesso é feito pela estrada que fica na parte alta da vila. A vista vale muito a pena. 

Assuntos relacionados: