Esporte e jogos

O melhor jogo do verão

O frescobol é uma das coisas mais gostosas para se praticar na praia

No verão, uma das coisas mais gostosas de se praticar nas areias da praia (além da paquera) é o frescobol. Esporte brasileiríssimo, é descomplicado (exige apenas dois competidores), baratinho (precisa apenas de uma bolinha e duas raquetes de madeira) e é ótimo para fazer novos amigos. Diga aí, tem coisa mais verão do que fazer amigos?

As regras do frescobol também são muito simples: não deixe a bola cair. É só jogar a bolinha com a raquete em direção ao parceiro, que precisa devolve-la para você. No começo parece difícil, mas com a prática fica uma delícia. A ponto de você ficar jogando até o sol se pôr.  O melhor é que ninguém precisa ir até a praia para praticá-lo. Basta um espaço aberto e um mínimo de distância entre os jogadores – pode ser em um parque, na rua ou no quintal de casa.

Geralmente são usadas duas raquetes de madeira, com 45 cm de comprimento e 21cm de largura. A bolinha costuma ser de borracha com o peso perto de 40g. Existem três estilos oficiais de se jogar frescobol. O carioquinha, o mais comum, que envolve jogar a bolinha em diagonal e não deixá-la cair. O clássico, que conta com jogadas mais agressivas, e o longo, em que os participantes ficam até 20 metros de distância um do outro e não devem deixar a bola tocar o solo.

O frescobol foi inventado no Rio de Janeiro em 1945 por um banhista que via turistas franceses e espanhóis brincando com jogos de raquete em Copacabana. E ao melhor estilo “sou brasileiro e não desisto nunca”, ele decidiu dar uma improvisada e criar o seu próprio jogo. Confeccionou as raquetes de madeira e contou com a ajuda dos salva-vidas da região para vender a sua nova invenção, que foi batizada de frescobol por causa do termo frescor – com o calor intenso das praias cariocas, as pessoas buscavam praticar o esporte próximo do mar e no fim da tarde, local e horário mais frescos durante o dia.

Daquele dia em diante foi puro sucesso! Em 2007 foi instituído o dia 10 de julho como o dia do frescobol no Rio de Janeiro. Em 2015, quando completou 70 anos, o frescobol foi declarado Patrimônio Cultural Carioca de Natureza Imaterial. Então, aproveite o verão para homenagear um jogo tão brasileiro quanto o hábito de tomar uma cervejinha na praia (e paquerar, claro). 

Assuntos relacionados: